AMÉRICO RODRIGUES – O Despertar do Funâmbulo – CD – AUDEOFDS002

12,30 

1 / Ainda / 4:39
2 / Estilhaços / 0:48
3 / Voz Sal / 3:18
4 / De Va Gar Ar / 6:18
5 / O Incerto Insecto Tu / 11:01
6 / O Fio das Vozes / 5:11
7 / À Espera de Quê Não Sei / 9:14
8 / Um Barco de Pedra / 6:11
9 / Longe do Gato Que Acto Seguinte / 5:00
10 / Não / 3:10
11 / O Fim Último / 4:52
12 / Afflicção / 4:38

Em stock

A história da poesia sonora divide-se entre quem usou a palavra na sua integridade (vejam-se os Futuristas italianos e os Dadaístas) e quem a violou, aniquilando-a e reduzindo-a a pura papa fonética (vejam-se os Futuristas russos e os Letristas, até aos produtos típicos da poesia sonora da era do pós guerra).

Ora, o caso de Américo Rodrigues é, sem dúvida, interessante por múltiplas razões.

(…)

Não estamos perante exemplos de linguagem triturada, ele não tem necessidade de partir da linguagem, não precisa. Neste sentido podemos dizer que amplifica algumas intuições já tidas por Hugo Ball ou Raoul Hausmann, no início do século: o potencial é bucal. E, de facto, Américo Rodrigues mostra a musculatura da boca, todos os ruídos que o aparelho bucal pode fazer. É o próprio corpo que fala a sua linguagem primitiva, numa situação pré-babélica, onde o tudo e o nada se tocam. No seu caso a parte física da voz é o próprio corpo.

(…)

Na verdade Américo Rodrigues entrega-se ao poder da sua garganta, sem truques nem enganos, para encantar, estontear e seduzir o público.

Enzo Minarelli / audEo

Partilhe este Produto
Peso
150 g

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Apenas clientes com sessão iniciada que compraram este produto podem deixar opinião.

REF: 5600384983408 Categoria: Etiqueta:
Partilhe este Produto